Eu sinto dor!

Eu sinto dor!

Seja grato por isso!

Imagino que você deva estar se perguntando: como assim? Ser grato por sentir dor?

É isso mesmo. Vejamos o porquê.

A dor é um dos nossos principais mecanismos de defesa.

Se eu sinto dor colocando a mão em uma panela quente, eu rapidamente retiro a mão.

Se eu utilizo um sapato apertado, eu não tolero muito tempo e preciso descalça-lo.

Caso eu pise em um prego, o reflexo imediato envolve a retirada do pé.

Infelizmente, isso não ocorre com o diabético portador de neuropatia periférica.

As modificações nas terminações nervosas dos mesmos reduzem a sensibilidade das extremidades, eliminando este importante recurso de defesa.

O diabético pode não sentir um calçado apertado, o calor da areia da praia, uma perfuração na planta do pé por um objeto pontiagudo, etc.

Sendo assim, o diabético possui alto risco de desenvolver feridas crônicas e lesões nos seus pés.

Portanto, se você é diabético ou ainda não fez um exame de sangue para investigar sua glicemia, procure seu médico para receber orientações.

Imagem: mal perfurante em pé diabético

neuropático decorrente de trauma pelo uso

de calçados inadequados e falha

no cuidado com os pés.

Para aprofundar os conhecimentos sobre o tema, recomendamos este excelente artigo:

Atenção integral ao portador de pé diabético

Jackson Silveira CaiafaI; Aldemar Araujo CastroII; Cícero FidelisIII; Vanessa Prado SantosIV; Erasmo Simão da SilvaV; Cid J. Sitrângulo Jr.VI

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2015 Cura Ativa Serviços Médicos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Registre-se no nosso site