Buscar
  • Jose Amorim de Andrade

Novo vírus no Brasil

E o Ministério da Saúde confirmou ontem à noite uma morte por febre hemorrágica brasileira que, segundo a Pasta, foi causada por um novo vírus. A vítima foi um homem, morador de Sorocaba, que veio a óbito no dia 11 de janeiro. O governo divulgou um boletim epidemiológico explicando que o novo vírus é da família Arenavírus e do gênero Mammarenavirus. "Considerando a família, este vírus pode apresentar alta patogenicidade e letalidade. Este fator representa um risco significativo para a saúde pública, ainda que nenhum caso secundário tenha sido identificado até este momento da investigação", destacou o órgão. A febre hemorrágica provocada por vírus não era registrada no país desde 1999 – e é um evento raro: na literatura científica, há apenas quatro casos do tipo no país. O vírus que infectou essas pessoas, nos anos 1990, é conhecido como Sabiá. 

A doença é contraída principalmente por meio de inalação de partículas formadas a partir da urina, fezes e saliva de roedores infectados. A transmissão de pessoa a pessoa pode ocorrer quando há contato muito próximo e prolongado ou em ambientes hospitalares, quando não utilizados equipamentos de proteção, por meio de contato com sangue, urina, fezes, saliva, vômito, sêmen e outras secreções ou excreções. De acordo com o Ministério, os funcionários dos três hospitais por onde o paciente passou estão sendo monitorados e avaliados, assim como os familiares. O governo brasileiro comunicou o caso à Opas.

0 visualização

© 2015 Cura Ativa Serviços Médicos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Registre-se no nosso site